12 de Junho de 2021

Krejcikova fecha jornada surpreendente com título inédito em Roland Garros

Krejcikova fecha jornada surpreendente com título inédito em Roland Garros

A tenista tcheca Barbora Krejcikova, 25, é a mais nova vencedora de um torneio do Grand Slam. Neste sábado (12), ela derrotou a russa Anastasia Pavlyuchenkova, 29, por 2 sets a 1 (6/1, 2/6 e 6/4) e conquistou o título de Roland Garros.
 
A final surpreendeu por reunir duas tenistas pouco cotadas no início do campeonato e que nunca haviam feito uma decisão de um evento desse nível. Krejcikova, 33ª colocada do ranking, nem sequer era cabeça de chave e entrou pela primeira vez no top 50 em março deste ano.
 
Pavlyuchenkova, 31ª, integra esse grupo desde 2008 e levou 52 participações em Slams para chegar a uma final (um recorde no circuito) -parou seis vezes nas quartas.
 
Com exceção do primeiro game, quando fez duas duplas faltas e teve seu saque quebrado, a tenista da República Tcheca dominou o início da partida com uma performance de manual. Exibiu repertório variado de golpes enquanto a rival se apressava na definição dos pontos e precisou de 30 minutos para emendar seis games consecutivos: 6/1.
 
Mais paciente, a russa reagiu no segundo set, enquanto Krejcikova passou a errar mais. Mesmo com a necessidade de receber atendimento médico e enfaixar a coxa esquerda, ela se manteve superior e fechou a parcial em 6/2. No desempate, a tcheca voltou a ser superior para fechar o jogo por 6/4.
 
Krejcikova ainda jogará neste domingo (13) a final de duplas, ao lado da compatriota Katerina Siniakova. Elas enfrentarão a parceria da americana Bethanie Mattek-Sands com a polonesa Iga Swiatek.
 
A nova campeã de simples já tem um currículo bastante respeitável nas duplas: conquistou dois títulos de Slam (Roland Garros e Wimbledon) ao lado Siniakova e foi número 1 do mundo, em 2018. Possui ainda três troféus do Australian Open em duplas mistas.
 
Com a conquista deste sábado ela realiza o que sempre desejou: reproduzir em simples o sucesso obtido cedo nas duplas, terreno em que desenvolveu ferramentas para um jogo bem variado e tático, além de ter acumulado experiência em importantes decisões. Seu primeiro troféu individual foi conquistado há duas semanas, em Estrasburgo.
 
Krejcikova teve como mentora no início de carreira a compatriota Jana Novotna, campeã de Wimbledon em 1998 e que morreu em 2017, vítima de um câncer.
 
Após Garbiñe Muguruza, Jelena Ostapenko, Simona Halep, Ashleigh Barty e Iga Swiatek, a tcheca é a sexta campeã inédita de Slam consecutiva em Paris.
 
 


Tags Relacionadas

krejcikova, fecha, jornada, surpreendente, com, título, inédito, roland, garros,

Últimas notícias