14 de Janeiro de 2021

Sesab acusa Ministério da Saúde de erro em informação sobre estoque de seringas dos estados

Sesab acusa Ministério da Saúde de erro em informação sobre estoque de seringas dos estados

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) acusa o Ministério da Saúde (MS) de divulgar informações erradas em relação aos estoques de seringas e agulhas em nos estados brasileiros. Uma nota foi divulgada pela pasta nesta quinta-feira (14). 
 
De acordo com a Sesab, o documento elaborado pelo Ministério e endereçado ao ministro Ricardo Lewandowski cita apenas 232 mil seringas na Bahia. "No entanto, este quantitativo refere-se a seringa que vem da Índia com trava, 0,05 ml, acompanhando a vacina BCG", justificou a Sesab.
 
"Diferente do informado, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) possui 10,2 milhões de seringas e agulhas em estoque para a vacinação contra o coronavírus (Covid-19). Adicionalmente, foram adquiridas 19,8 milhões de seringas e agulhas, com a entrega de 4 milhões nos próximos 15 dias, 4 milhões em fevereiro e o restante nos meses de abril, maio e junho", informou a pasta da Bahia.
 
A nota emitida pela secretaria ainda destaca que a Bahia e demais estados afetados pela informação equivocada do Ministério da Saúde aguardam uma retificação sobre o assunto ainda nesta quinta-feira (14).


Tags Relacionadas

sesab, acusa, ministério, saúde, erro, informação, sobre, estoque, seringas, dos, estados,

Últimas notícias